Articles

Nova página dos discentes da ECOPÓS no Facebook

In ECOPÓS on 24 de dezembro de 2011 by Gustavo Barreto

Além da lista de emails e do blog (este não tem funcionado muito), criamos uma página no Facebook, para agilizar o compartilhamento de informações, pela agilidade natural da ferramenta:

http://www.facebook.com/discentesecopos

Tod@s podem postar e, se você ‘curtir’, receberá as atualizações na sua “linha do tempo”.

Um abraço e bom Natal.

Articles

Dicas da semana

In Eventos on 10 de outubro de 2011 by Gustavo Barreto

* * *
LINGUAGENS ITINERANTES DA FOTOGRAFIA

O seminário internacional “As Linguagens Itinerantes da Fotografia” ocorrerá entre os dias 26, 27 e 28 de outubro de 2011 na Escola de Comunicação da UFRJ e no Instituto Moreira Salles (RJ) e abordará os vários modos pelos quais as fotografias atravessam períodos históricos, fronteiras nacionais e diferentes mídias.

Embora venham sendo apropriadas e intercambiadas em diferentes contextos nacionais e internacionais desde a segunda metade do século XIX, estes movimentos agora ocorrem em uma velocidade sem precedentes, graças especialmente às novas tecnologias. Através de um ciclo de debates, o evento pretende, portanto, ajudar a compreender o lugar e o papel destas imagens na contemporaneidade.

Com foco na itinerância, as mesas de debates incluem pesquisadores de diferentes países e de distintas disciplinas e abordarão três problemas-chave: circulação das imagens para além das fronteiras culturais, sociais, étnicas e nacionais; diálogo entre fotografia e outras mídias no contexto internacional; e relação entre fotografia e arquivo, no que toca à memória, à história, à justiça e à poética fotográfica. Detalhes em http://fotoitinerante.wordpress.com/

* * *
FESTIVAL INTERNACIONAL DE CULTURA DIGITAL (RIO)

Um aplicativo para iphone que ajuda o usuário a achar algo que não está procurando, um banco de investimentos virtual, um glossário terminológico para crianças em seis línguas indígenas; um robô que se equilibra em duas rodas utilizando-se de software e hardware livres. Esses são apenas alguns dos quase 400 projetos inscritos na chamada pública do Festival Internacional CulturaDigital.Br, encerrada no último fim de semana.

Durante o mês de setembro, coletivos, ativistas, produtores, organizações, universidades e interessados nos temas do festival apresentaram 365 propostas para a programação do evento, que ocorre no Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio de Janeiro entre os dias 2 a 4 de dezembro.

Além de 230 propostas brasileiras, com grande destaque para iniciativas que atuam com comunidades indígenas e trabalhos desenvolvidos em universidades, a organização do festival se surpreendeu com a grande repercussão da chamada pública no exterior. Mais de 130 propostas provenientes de países como Alemanha, Argentina, Austrália, Bolívia, Canadá, Cingapura, Chile, China, Colômbia, Croácia, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Estônia, França, Grécia, Holanda, Itália, México, Moçambique, Nova Zelandia, Panamá e Portugal foram inscritas no site do evento: http://culturadigital.org.br

* * *
ENSAIO SOBRE MÁRIO PEDROSA NOF ESTIVAL DO RIO

Será exibido neste Festival do Rio o curta “Formas do Afeto. Ensaio sobre Mário Pedrosa” (Nina Galanternick), junto com os filmes “Meia Hora com Darcy” e “Um dia com Frederico Morais”.

A sessão ocorrerá nos seguintes dias: terça-feira (11/10) às 14h e 16h no Oi Futuro em Ipanema, e domingo (16/10) às 21h no Cinema Nosso (Lapa).

* * *
PAINEL DE PROJETOS NA ECO-UFRJ

No dia 14 de outubro será realizado na Escola de Comunicação da UFRJ um bate papo com Fernanda Gomes, Guto Nóbrega e Luís Girão. Os artistas e pesquisadores apresentarão seus projetos que estão sendo desenvolvidos paralelamente no Brasil e no exterior. Entre eles, o LAB D2 (Rio de Janeiro e Bahia), o ECOTELEMEDIA (Rio de Janeiro, Dinamarca e China) e o SKILLED ART (Portugal).

O objetivo principal é criar um ambiente propício a discussões dos diversos caminhos possíveis a serem criados por projetos que promovem diálogos e contaminações entre as diversas linguagens artísticas, a tecnologia e a comunicação. Dia 14 de outubro às 16h na sala 140 da Pós Graduação da Escola de Comunicação da UFRJ (Av. Pasteur nº 250 – fundos, Urca, Rio de Janeiro). Saiba mais em http://artshare.com.pt/newsletter/newsletter.html

Articles

Seminário Internacional Estudos de Televisão: Diálogos Brasil-Portugal

In ECOPÓS, Eventos on 10 de outubro de 2011 by Gustavo Barreto

Local: Casa da Ciência/UFRJ – Rua Lauro Müller, número 3 – Botafogo.

Data: 19 e 20 de outubro de 2011.

Organização: João Freire Filho (ECO/UFRJ) e Gabriela Borges (UAlg).

Apoio: Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação da UFRJ; Centro de Investigação em Artes e Comunicação da Universidade do Algarve; Globo Universidade.

Objetivo: Promover o diálogo entre pesquisadores de televisão radicados no Brasil e em Portugal, visando à elaboração de investigações desenvolvidas em parceria.

Formato do Evento: A fim de garantir a efetiva circulação das ideias, foram programadas duas edições do encontro acadêmico: a primeira, em 19 e 20 de outubro, na UFRJ; a segunda, em 12 e 13 de dezembro na Universidade do Algarve. Após a realização de ambos os eventos, haverá o coquetel de lançamento da coletânea Estudos de Televisão: Diálogos Brasil-Portugal (Editora Sulina), que reúne os papers enviados para o seminário.

Informações: jorggia_silva@hotmail.com / Tel.: (21) 3873-5075.

Programação:

Universidade Federal do Rio de Janeiro – Casa da Ciência

Dia 19 de outubro (quarta-feira)

9h – Credenciamento e brunch (as inscrições são gratuitas, sujeitas à capacidade de 100 pessoas do auditório).

9h45m – Abertura: João Freire Filho (PPGCOM/UFRJ).

Mesa 1
10h às 12h30m
Itania Gomes (UFBA) – Tendências do telejornalismo brasileiro no início do século XXI: telejornalismo popular e infotainment.
Eduardo Cintra Torres (UCP) – Representações da multidão política na televisão.
Moderadora: Andréa França (PUC-RJ).

Mesa 2
14h30 às 17h –
Veneza Ronsini (UFSM) – Apontamento sobre a categoria classe social em um estudo de recepção.
Maria Immacolata Vassallo de Lopes (USP) – A recepção transmidiática da ficção televisiva: novas questões de pesquisa.
Moderadora: Ana Paula Goulart Ribeiro (ECO/UFRJ).

Dia 20 de Outubro (quinta-feira)

Mesa 1
10h às 12h30m –
Gabriela Borges (UAlg) – A qualidade do canal 2: percursos teóricos e metodológicos de investigação.
Yvana Fechine (UFPE) – Pesquisa em televisão digital no Brasil: uma experiência interdisciplinar.
Francisco Rui Cádima (UNL) – Reflexão sobre a televisão pública europeia no contexto de transição para o digital.
Moderadora: Fátima Régis (UERJ).

Mesa 2
14h30m às 17h30m –
Maria Carmen Jacob (UFBA) – Criadores de ficcção seriada televisiva aqui e acolá. Desafios criativos de roteiristas de telenovelas.
Arlindo Machado (PUC-SP e ECA/USP) – A invenção da televisão brasileira.
João Freire Filho (ECO/UFRJ) – Existir aos olhos dos outros: reality shows, as “aventuras autênticas” de indivíduos em busca de reconhecimento.
Moderador: Bruno Campanela (UFF).

17h45m às 20h – Coquetel de lançamento da coletânea Estudos de Televisão: Diálogos Brasil-Portugal (Editora Sulina).

Sobre os Palestrantes:

Arlindo Machado
Doutor em Comunicação e professor da PUC-SP e da ECA/USP. Publicou, entre outros trabalhos, os livros Máquina e imaginário: o desafio das poéticas tecnológicas (EDUSP, 1993), Video cuadernos (Nueva, Buenos Aires, 1994), El imaginario numérico (Eutopias, Valência, 1995), Pré-cinemas & pós-cinemas (Papirus, 1997), A televisão levada a sério (Senac, 2000), O quarto iconoclasmo (Contracapa, 2002), El paisaje mediático (Rojas, Buenos Aires, 2002), Os anos de chumbo (Sulina, 2006), O sujeito na tela (Paulus, 2007) e Arte e mídia (Zahar, 2007).

Eduardo Cintra Torres
Doutor em Sociologia (Universidade de Lisboa, 2010), Mestre em Comunicação (ISCTE, 2004). Professor da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa desde 2004. Autor de uma dezena de livros de sociologia dos media, estudos televisivos, análise de publicidade e história, como A televisão e o serviço público (FFMS, 2011), Fama e celebridade no século XXI (coautor, 2011), Mais anúncios à lupa (Bizâncio, 2008) e A tragédia televisiva. Um género dramático da informação audiovisual (ICS, 2006). Crítico de TV e mídia no diário Público, desde 1996. Crítico de publicidade no diário Jornal de Negócios, desde 2003. Autor de programas de TV para a estação pública RTP, incluindo duas séries documentais em coautoria e um argumento para um telefilme.

Francisco Rui Cádima
Professor Associado com Agregação da Universidade Nova de Lisboa (DCC-FCSH); Coordenador do Mestrado de Novos Media e Práticas Web do mesmo Departamento. Pubicou, entre outros livros: A televisão, o digital e a cultura participativa (Ed. Formalpress, 2010); Crise e crítica do sistema de media. O caso português (Ed. Formalpress, 2009); A crise do audiovisual europeu. 20 anos de políticas europeias em análise (Ed. Formalpress, 2007); A televisão light rumo ao digital (Ed. Formalpress, 2006); História e crítica da comunicação (Edições Século XXI, 2002).

Gabriela Borges
Mestre e Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil e com Pós-Doutorado em Televisão de Qualidade no CIAC (Centro de Investigação em Artes e Comunicação) da Universidade do Algarve. Foi pesquisadora visitante na Universidade Autônoma de Barcelona e no Trinity College Dublin. Atualmente é pesquisadora convidada do CIAC na Universidade do Algarve, onde também leciona nos cursos de Mestrado e Doutorado em Comunicação, Cultura e Artes e na Pós-Graduação em Artes Visuais e Performativas. Co-organizou o livro Discursos e práticas de qualidade na televisão (Livros Horizonte, 2008), publicou A poética televisual de Samuel Beckett (Annablume, 2009) e organizou Nas margens. Ensaios sobre teatro, cinema e meios digitais (Gradiva, 2010) e co-organizou Televisão: formas audiovisuais de ficção e documentário (CIAC/SOCINE, 2011).

Itania Gomes
Doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (2000) e bolsista produtividade em Pesquisa do CNPq. Realizou pós-doutorado, no período de outubro/2006 a setembro/2007 na Université Sorbonne-Nouvelle (Paris III). Atualmente, é vice-presidente da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação/COMPÓS (2011/2013). Professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da Universidade Federal da Bahia. É autora do livro Efeito e recepção. A interpretação do processo receptivo em duas tradições de investigação sobre os media (e-papers, 2004) e organizadora das coletâneas Gêneros Televisivos e Modos de Endereçamento no Telejornalismo (EDUFBA, 2011) e Televisão e Realidade (Edufba, 2009).

João Freire Filho
Mestre e Doutor em Literatura Brasileira pela PUC-Rio. Atualmente, realiza o seu pós-doutorado na Universidade Federal de Minas Gerais. Professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pesquisador do CNPq. Autor e editor de diversos livros, dentre eles: Reinvenções da resistência juvenil: os estudos culturais e as micropolíticas do cotidiano (Mauad, 2007); Culturas juvenis no século XXI (EDUC, 2008 – com Silvia Borelli); A TV em transição: tendências de programação no Brasil e no mundo (Sulina, 2009); e Ser feliz hoje: reflexões sobre o imperativo da felicidade (FGV, 2010).

Maria Carmem Jacob
Mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense (1990) e Doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1999), com Pós-doutorado em Letras, Literatura e Cultura, na Universidade Federal da Bahia (2008). Pesquisadora do CNPq. Professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas da Universidade Federal da Bahia. Autora, entre outros trabalhos, do livro Telenovela e representação social. Benedito Rui Barbosa e a representação do popular na telenovela (e-papers, 2004) e organizadora da coletânea Analisando telenovelas (e-papers, 2004).

Maria Immacolata Vassallo de Lopes
Possui mestrado e doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo; pós-doutorado na Universidade de Florença, Itália. Atualmente, é professora titular da Escola de Comunicações e Artes da USP. É coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade de São Paulo. É pesquisadora 1A do CNPq. Coordena o Centro de Estudos de Telenovela da USP e o Centro de Estudos do Campo da Comunicação da USP. Publicou diversos artigos e livros no país e no exterior, dentre eles: Pesquisa Empírica em Comunicação (Paulus, 2010 – com José Luiz Braga e Luiz Claudio Martino); Convergências e transmidiação da ficção televisiva (Editora Globo, 2010 – com Guillermo Orozco Gómez); Pesquisa em Comunicação (9ª. ed. Loyola, 2009); Construir la sociedad de la comunicación (Editorial Tecnos, 2009 – com Antonio García Galindo e María Tereza Vera Balanza).

Veneza Ronsini
Professora do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e pesquisadora do CNPq. Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1993), Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo (2000) com bolsa-sanduíche na University of California (1998). Vice-coordenadora do Mestrado em Comunicação da UFSM. Autora dos livros Mercadores de sentido: consumo de mídia e identidades juvenis (Sulina, 2007) e Entre a capela e a caixa de abelhas (identidade cultural de gringos e gaúchos) (Edipucrs, 2004) e organizadora da coletânea Comunicação e interações (Sulina, 2008 – com Alex Primo, Ana Claudia de Oliveira e Geraldo Carlos do Nascimento).

Yvana Fechine
Jornalista e professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco. É mestre e doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Publicou, entre outros trabalhos, o livro Televisão e Presença: uma abordagem semiótica da transmissão direta (Estação das Letras e Cores, 2008). É coautora e editora (com Alexandre Figueirôa) de Guel Arraes, um inventor no audiovisual brasileiro (CEPE, 2008). Com Sebastião Squirra, organizou Televisão digital: desafios para a comunicação (Sulina, 2009) e, juntamente com Ana Claudia de Oliveira, editou Imagens Técnicas, Semiótica da arte e Visualidade, urbanidade, interterxtualidade (Hacker, 1998).

Articles

Lançamento do novo livro de Igor Sacramento

In Eventos on 19 de setembro de 2011 by Gustavo Barreto

De: Igor Sacramento
Data: 31 de agosto de 2011 00:46
Assunto: Convite – Lançamento do meu novo livro

Queridos amigos:

Gostaria de convidá-los para o lançamento do meu novo livro, Depois da revolução, a televisão: cineastas de esquerda no jornalismo televisivo. Seu texto é baseado na minha dissertação de mestrado, apresentada na Escola de Comunicação da UFRJ em 2008, cujo objetivo era analisar a participação de cineastas identificados com o Cinema Novo em dois programas jornalísticos da TV Globo dos anos 1970, Globo-Shell Especial e Globo Repórter.

O coquetel de lançamento será no dia 20 de setembro, terça-feira, a partir das 19 horas, na Livraria Prefácio (Rua Voluntários da Pátria, 39, Botafogo).

Conta com a presença de todos.

Beijos e abraços,
Igor.

Articles

III Simpósio Nacional Discurso, Identidade e Sociedade

In Congressos on 19 de setembro de 2011 by Gustavo Barreto

De: III Simpósio Nacional Discurso, Identidade e Sociedade DILEMAS E DESAFIOS NA CONTEMPORANEIDADE
Data: 12 de setembro de 2011 15:55
Assunto: III SIMPÓSIO NACIONAL DISCURSO, IDENTIDADE E SOCIEDADE

Caros e caras colegas,

Atendendo às solicitações, prorrogamos uma última vez o prazo para submissão de trabalhos para o III SIMPÓSIO NACIONAL DISCURSO, IDENTIDADE E SOCIEDADE. A data-limite é 25/09/2011.

O evento acontecerá nos dias 14, 15 e 16 de fevereiro de 2012, no Instituto de Estudos da Linguagem- IEL, Unicamp, São Paulo.
O Simpósio tem caráter multidisciplinar e é uma iniciativa do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Unicamp (IEL/DLA) e do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês da USP (DLM/FFLCH). Pretende dar continuidade às discussões realizadas no II Simpósio, sediado no Rio de Janeiro e promovido pela PUCRJ e UFRJ em 2006. A temática geral deste III Simpósio é “Dilemas e Desafios na Contemporaneidade”.

Convidamos os colegas a submeterem propostas de apresentação de trabalhos, na modalidade comunicação (individual ou em co-autoria).

Pedimos também que nos ajudem a divulgar o evento, inclusive entre pesquisadores das diferentes áreas implicadas neste evento multidisciplinar.

Maiores informações no site do evento: www.iel.unicamp.br/sidis

Atenciosamente

Comissão Organizadora

Articles

I Encontro Funarte de Políticas para as Artes (8 a 10 de novembro no Rio)

In Eventos on 17 de setembro de 2011 by Gustavo Barreto

O I Encontro Funarte de Políticas para as Artes ocorre nos dias 08, 09 e 10 de novembro, no Palácio Gustavo Capanema, Rio de Janeiro – RJ.

Com o intuito de promover a reflexão e contribuir para a formulação e aperfeiçoamento das políticas para as artes em âmbito nacional, a Fundação Nacional de Artes realiza pela primeira vez este encontro, de acordo com sua missão institucional de “promover e incentivar a produção, a prática e o desenvolvimento das atividades artísticas e culturais no território nacional e, especialmente, promover ações destinadas à difusão do produto e da produção cultural”.

Convidamos artistas, pesquisadores, gestores, produtores culturais e demais interessados a participarem. Estão abertas inscrições para apresentação de trabalhos de pesquisa ou práticas de gestão. Clique aqui para acessar a chamada de trabalhos e prazos.

Saiba mais em http://www.funarte.gov.br/encontro/?page_id=7

Articles

Chamadas para eventos e artigos

In Congressos, Eventos, Publicações on 17 de setembro de 2011 by Gustavo Barreto

Inscrições abertas para encontro de pesquisadores em Comunicação e Cultura

Nos dias 3 e 4 de novembro, acontece o V Encontro de Pesquisadores em Comunicação e Cultura. O evento, que será realizado na Universidade de Sorocaba – UNISO, em São Paulo, pretende reunir mestres e doutores, mestrandos e doutorandos, além de universitários e profissionais da comunicação.

Na oportunidade, serão apresentadas e discutidas pesquisas e reflexões desenvolvidas na área da comunicação e da cultura. O prazo de inscrição com submissão de trabalhos encerra-se no dia 30 de setembro. Já o período de inscrição sem submissão de artigos acontece até 30 de outubro.
Mais informações pelo telefone (15) 2101-7104 ou pelo e-mail: comunicacao.cultura@uniso.br

Revista Comunicação Midiática aceita artigos até o dia 15 de outubro

Até o dia 15 de outubro, a Revista Comunicação Midiática, do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Estadual Paulista Julio Mesquita Filho (UNESP), recebe trabalhos para edição do terceiro quadrimestre de 2011 (v.6, n.3). A publicação aceita artigos de doutores, ou doutores em co-autoria com pós-graduandos, e mestres, para as seguintes seções: “Cultura e Mídia”, “Linguagens Midiáticas”, “Políticas de Comunicação” e “Resenhas”. As diretrizes, critérios e normas de submissão e formatação dos trabalhos estão disponíveis em português, inglês e espanhol no site da instituição: http://www.faac.unesp.br/comunicacaomidiatica

Redes de Pesquisa em Jornalismo é o tema da próxima edição da Revista BJR

A próxima edição da revista científica BJR – Brazilian Journalism Research, que será publicada em dezembro, pretende estimular reflexões sobre a constituição de redes de pesquisa em jornalismo e apresentar resultados inovadores para o campo por meio desse processo de construção de conhecimentos. Por isto, a publicação propõe que seu dossiê temático reúna artigos que problematizem os desafios para a realização de pesquisas em redes.

Os trabalhos podem ser enviados à Revista até o dia 30 de setembro. Os artigos devem ser bilíngües – os autores brasileiros devem enviar a versão em inglês quinze dias após a comunicação do aceite e os estrangeiros também devem enviar a versão em português quinze dias após a comunicação. Recomenda-se que trabalhos de doutorandos, mestrandos e graduandos sejam submetidos em regime de coautoria com pesquisadores que tenham título de Doutor. A Brazilian Journalism Research é uma revista científica semestral publicada pela Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor). Mais informações pelo site: http://www.sbpjor.org.br.

Revista Publicatio Ciências Sociais Aplicadas recebe artigos até 30 de setembro

A revista “Publicatio Ciências Sociais Aplicadas”, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), no Paraná, recebe trabalhos para a edição de 2011 até o dia 30 de setembro. O tema é livre dentro da área das Ciências Sociais. Mais informações no site: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/sociais

(Colaborou Clarissa Henning)